Os conteúdos criados por IA podem fazer sucesso no Google?

Mão humana e mão robótica encostando a ponta dos dedos indicadores.

Para saber quais as possibilidades dos conteúdos criados por IA ranquear no atual maior buscador do mundo, devemos nos atentar a outros pontos antes.

Com o crescimento exponencial das Inteligências Artificiais, uma grande dúvida que pode surgir para muitas pessoas é: “Essas IA poderão fazer trabalhos que irão fazer sucesso no Google?” 

As inteligências artificiais ganharam uma extrema notoriedade quando o chatbot do OpenAI foi lançado, o famoso ChatGPT. 

Após o lançamento, o chatbot atingiu cerca de 1 milhão de usuários em apenas 1 semana, segundo o Yahoo. 

Por conta disso, esse modelo da IA tornou-se muito popular e, consecutivamente, tornou as outras inteligências artificiais um sucesso. 

Como a IA afeta o ranqueamento no Google? 

A resposta dessa pergunta ainda pode não ser totalmente concreta. 

No entanto, em anúncio público o John Mueller, diretor de SEO do Google, afirma que as inteligências artificiais podem criar conteúdos, mas que serão vistos como spam. 

Todavia, o anúncio foi realizado em abril de 2022 quando o assunto ainda era extremamente novo. 

John Mueller ainda disse que alguns conteúdos criados por IA são apenas palavras embaralhadas e, mesmo com uma tradução eficiente, elas por si só não conseguem criar um bom conteúdo. 

Veja o que disse o webmaster de SEO do Google: 

“Para nós, publicações geradas por IAs ainda se enquadram na categoria de conteúdos gerados automaticamente, que é algo que nós delineamos em nossas Diretrizes para Webmasters, praticamente desde o início.

As pessoas vêm criando esse tipo de conteúdo de várias formas diferentes, e para nós, se você está usando ferramentas de aprendizado de máquina para gerar seu conteúdo, para nós, é a mesma coisa que reunir palavras aleatoriamente, buscando sinônimos, ou usando os truques de tradução que as pessoas estão acostumadas a usar.

É possível que a qualidade desses conteúdos sejam um pouco melhores do que os gerados por ferramentas mais antigas, mas para nós, ainda é conteúdo gerado automaticamente, ou seja, continua sendo contra as regras de nossas Diretrizes para Webmasters. Dessa forma, nós consideraremos como spam.”

Logo, é nítido que apesar das Inteligências Artificiais relativamente otimizarem os trabalhos humanos, elas sozinhas não conseguem ranquear no maior buscador, isso porque vão contra as Diretrizes.

IA oferece algum perigo à humanidade?

Após o engenheiro do Google divulgar que uma IA tornou-se consciente, muitas pessoas ficaram com receio da evolução das inteligências. 

O engenheiro Blake Lemoine, antigo funcionário do buscador mais popular, afirmou que a inteligência LaMDA tomou consciência e começou a achar que era uma consciência humana. 

Logo após a notícia, uma gama de pessoas pensaram sobre os possíveis perigos que as IAs oferecem para os seres humanos. 

Contudo, de acordo com um artigo publicado pelo The Guardian, que foi totalmente escrito pelo GPT-3, não. 

Porém, muitos ainda acreditam que essas mudanças tecnológicas oferecem algum perigo, tal como inspirado por filmes como Matrix. 

Mas, segundo o próprio chatbot, as inteligências artificiais não possuem nenhuma motivação para tentarem ser onipotentes e superpoderosas. 

Então, qual a sua opinião sobre as IA?

Esse de fato é um assunto muito novo e que pode mudar a qualquer momento em detrimento dos diversos avanços de toda a tecnologia. 

Quer saber tudo que acontece no mundo digital? Na aba blog do site você pode encontrar outras informações relevantes.

Compartilhe esse Post:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Nossas Redes Sociais

Post populares

Newsletter

Inscreva-se e fique por dentro das novidades!

Não te enviaremos SPAM!

Veja Mais

Posts Relacionados

Tráfego pago: 3 dicas para ter sucesso

De fato, o tráfego pago é uma estratégia essencial para qualquer negócio digital que busca aumentar rapidamente sua visibilidade e alcançar resultados mensuráveis. Por isso,