Not Provided no Google Analytics: por que essa palavra-chave traz tráfego para seu site?

Not Provided no Google Analytics: por que essa palavra-chave traz tráfego para seu site?

Se você usa o Google Analytics já deve ter encontrado o termo “not provided” entre as palavras-chave que geram tráfego para seu site. Algo que não é favorável para os seus resultados já que prejudica quais são as reais palavras que levam as pessoas para o seu site, além de não ter uma análise completa do comportamento dos usuários.

Mas, você sabe por que isso acontece? E o que fazer quando acontecer? Então, confira mais detalhes no texto a seguir para resolver esse problema.

Qual o significado de pot provided no Google Analytics?

O termo Not Provided no Google Analytics significa “Não Fornecido” em português. Isso quer dizer que quando esse termo aparece no Google Analytics, a plataforma optou em não compartilhar com você os dados sobre palavras-chave específicas. Essa opção começou em 2011, quando o Google realizou algumas alterações em suas políticas. 

Por conta disso, as empresas não têm conhecimento do que os seus usuários pesquisam e chegam até o site através do Google. Assim, não tem como você analisar qual foi a palavra-chave que teve um melhor desempenho para gerar esse tráfego no seu site e, consequentemente, se ajudou nas conversões.

Como fazer para ter essa informação que falta por conta do “not provided no Google Analytics”

É recomendado você fazer as seguintes ações para conseguir driblar a falta de informação do Google no not provided dentro da plataforma.

Acompanhamento da posição média das suas palavras-chave

Quando você acompanha de perto as posições das palavras-chave do segmento do seu negócio, você vai saber onde pode investir mais no marketing e monitorar os resultados. 

Uma forma de fazer esse monitoramento é através do Google Search Console. Essa plataforma, que é também do Google, mostra as palavras principais e a média dos resultados de cada uma através de um relatório chamado “desempenho”, onde é possível visualizar os dados necessários.

Vincule o Google Search Console no Google Analytics

Outra forma de driblar o Not Provided no Google Analytics é vincular a conta que você tem no Google Analytics no Google Search Console. Assim, você pode fazer um cruzamento de dados e ter mais informações que sejam favoráveis para aumentar o tráfego no seu site.

Dessa forma, você vai entender melhor sobre as palavras-chaves utilizadas e o comportamento dos usuários dentro do seu site.

Analise quais são as páginas de destino mais acessadas

No Google Analytics, analise as visitas originadas pelo termo Not Provided, onde os usuários acessaram o seu site. Através dessa análise, é possível verificar quais páginas estão otimizadas e quais termos geram esse tráfego.

Ao analisar essas páginas junto com os dados obtidos no Google Search Console, você terá dados ainda mais precisos do seu site.

Invista em Anúncios

Ao realizar anúncios para gerar tráfego no seu site, é possível fazer um acompanhamento completo de todas as palavras buscadas.

De forma que o investimento em Google Ads faça parte da sua estratégia de marketing digital. A maior vantagem dessa ação será entender o comportamento do usuário através de determinadas palavras-chave de uma forma bem mais precisa.

Conclusão

O Not Provided faz parte do Google Analytics, por isso é importante saber o que levam os usuários ao seu site e qual o comportamento deles de forma a otimizar e melhorar seus resultados. Algo que será feito não somente no Google Analytics, mas em outras plataformas que auxiliam para essa análise.
Ficou com alguma dúvida? Entre em contato que podemos te ajudar.

Compartilhe esse Post:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Nossas Redes Sociais

Post populares

Newsletter

Inscreva-se e fique por dentro das novidades!

Não te enviaremos SPAM!

Veja Mais

Posts Relacionados

Tráfego pago: 3 dicas para ter sucesso

De fato, o tráfego pago é uma estratégia essencial para qualquer negócio digital que busca aumentar rapidamente sua visibilidade e alcançar resultados mensuráveis. Por isso,